Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estendal Enferrujado

Estendal Enferrujado

28
Dez15

One For the Road

Madalena

Li pouco ou nada nestes últimos dias e tive de deixar A Naúsea para outra altura, não estava a fluir como eu gostaria e não fazia sentido estar a forçar a leitura para no final não gostar. Dediquei-me ao livro das corridas, estou quase a acabar, mas ainda não cheguei à parte que mais me interessa. Não é nada de especial, tem muitas gralhas, fora as que provavelmente escaparam os meus olhos, que têm andado preguiçosos por estes dias. Espero que a parte dos planos de treino valha realmente a pena. Amanhã volto ao ginásio, hoje estou em modo detox para ir fazer análises ainda esta semana. Espero que já não haja Ferrero Rocher na minha corrente sanguínea. Quando me pesei, no dia 26, pude constatar que não tinha engordado nada, mas comi muito nestes últimos dias. Tanto que ontem nem consegui cozinhar. Fiquei farta de comida e de almoços e jantares e de pessoas. Quero voltar para o meu canto sossegada. Vi Em Parte Incerta e gostei muito. Vi os episódios IV, V e VI de Star Wars (o VII já tinha ido ver ao cinema no dia da estreia e gostei tanto que tive de ir comprar um boneco da Rey). Já acrescentei muitas coisas na minha agenda fofinhó-amorosa mas ainda não a trouxe para o trabalho. Preciso urgentemente do meu ordenado de Dezembro para comprar Quest Bar, roupa para o ginásio e uma mala. Não tenho tido muita vontade de escrever no blogue, mas depois deste post pode ser que isto mude.

 

14
Dez15

Em 2016

Madalena

Vou correr a meia-maratona. Ou, pelo menos, vou tentar fazê-lo. Decidi ontem enquanto estava a correr no ginásio e numa das televisões passava, em directo, a prova de 10 km de ontem (58º Grande Prémio de Natal EDP).

Comecei a correr cerca de 30 segundos depois do início da prova dos 10 km, e, quando terminei, 30 minutos depois, tinha corrido 4 km (os primeiros 5 minutos e os últimos dois fiz a andar, para aquecer e recuperar). Por essa altura, já os primeiros já tinham cortado a meta (aos 29 minutos e qualquer coisa). Nunca tinha corrido tão contente até ontem, vê-los a correr enquanto eu também corria deu-me imensa força e foi então que comecei a pensar que tinha mesmo de participar em alguma prova em 2016.

Portanto, a meta é fazer os 5 km até Janeiro. Depois, entre Janeiro e Março, passar para os 10 km. Entre Abril e Junho tentar os 15 km e, depois, até Outubro conseguir fazer os 21 km (há uma prova nessa altura). São dez meses, acho que não é impossível.

Já comprei um livro que me vai ajudar a fazer um plano para conseguir alcançar os meus objectivos e vou começar a poupar dinheiro para comprar uns Ultra Boost da Adidas. Yay.